/*Modifica icone na barra de enderecos */ /*Modifica icone na barra de enderecos */
Home »

10 coisas que você não sabia sobre o Homem Aranha

Inegavelmente o personagem mais popular da Marvel Comics, o Homem-Aranha possui 50 anos de história, é um nome forte na cultura popular americana, mas o que você realmente sabe sobre o escalador de paredes favorito da vizinhança?

Tendo sua estreia em uma modesta revista com apenas 11 páginas em agosto de 1962, o Homem-Aranha virou sucesso imediato e ganhou sua própria revista no ano seguinte: A Amazing Spider Man, uma das pouquissímas hqs da Marvel que nunca haviam sido interrompidas – até o ano passado – e durou 50 anos. Veja na lista 10 coisas que talvez você não saiba sobre o cabeça de teia:

10. Peter Parker foi o segundo “Homem-Aranha” a estrear na Marvel.

Nos nos cinquenta, as revistas de super heróis estavam em queda, todo o sucesso dos anos 30 e 40 abriam espaço para as revistas sobre ficção científica e monstros. Com a revitalização de heróis como o Flash e o Lanterna Verde pela DC Comics isso começou a mudar um pouco, a Marvel só despertou com o lançamento da revista Quarteto Fantástico #1 (Novembro de 1961). Um mês antes disso, Stan Lee e Jack Kirby fizeram uma das últimas histórias sobre monstros da época na revista Journey Into Mystery’ #73, que vinha com o título “Onde estiver… quando… A Aranha atacará” Sobre uma aranha que foi atingida por raios radioativos (coincidência não?) e criou inteligência humana, crescendo em proporções gigantescas, sendo capaz de falar e até atirar sua teia nos bandidos. Por sorte, essa Aranha-Homem foi morta no final da história.

9. Peter não é o nerd que todos pensam

Uma reclamação comum do novo filme O Espetacular Homem-Aranha é que Peter não estava tão nerd quanto deveria ser. Mas a verdade é que Peter, desde que era escrito por Stan Lee e desenhado por Steve Ditko em 1962, certamente era um gênio, possuía uma auto-confiança e popularidade dão uma guinada tão grande quando ele ganha os poderes que ele fica até certo ponto arrogante, não levava desaforo de JJJ para casa e rebatia as provocações de Flash Thompson, então nesse ponto, o filme acertou.

Já pela edição #7 de Amazing Spider Man, Peter apenas com 15 anos já tinha sua primeira namoradinha, a jovem secretária Betty Brant. Na edição #8, ganha enorme popularidade ao bater no valentão Flash na frente de toda a escola. E já na edição #28, onde Peter está se formando no ensino médio, a garota mais popular da escola, Liz Allan, admite ser apaixonada por ele. E como se não fosse o suficiente, Peter chega na faculdade, roubando o coração da linda Gwen Stacy, e logo depois, da arrasadora ruiva Mary Jane Watson. Não é exatamente a definição de nerd que você conhece.

8. O fluído de teia do Homem-Aranha dissolve em uma hora.

Os que acostumaram a ler as hqs antigas do cabeça de teia devem saber disso, já que era um contexto muito dito no passado, apesar de ainda valer para os dias de hoje. Muitos tinham dúvida sobre como o Aranha ficava se balançando por aí e não deixava Nova York toda suja. Bem, Stan Lee explicou que a teia se evaporava no ar após uma hora, a primeira vez que a explicação apareceu foi na Amazing Spider Man Annual #1

7. Peter torce para o New York Mets

Crescido no Queen, no bairro de Forest Hills, é normal que Peter torça para o time de baseball mais próximo, os Mets. Mas a verdadeira razão pela sua paixão pelo time é revelada na hq Peter Parker: Spider Man #33 (uma das mais lindas sobre o relacionamento dele com o tio, fica a minha dica) escrita por Paul Jenkins e desenhada por Mark Buckingham. Nas palavras do próprio garoto, ele se identifica com o time, Peter ama os Mets porque “eles são uns perdedores adoráveis que vez ou outra fazem um home run acidentalmente.”

Agora, aprofundando um pouco, Peter ama os Mets porque ele cresceu para amar os Mets. Todo ano, Ben Parker o levava para assistir um jogo dos Mets, e eles sempre perdiam, Ben consolava o garoto com as palavras “Talvez ano que vem, campeão.” Peter se aborrecia cada ano mais, e no último ano de vida do Tio Ben, os Mets venceram e conquistaram o campeonato, dois dias depois, Ben Parker foi assassinado. Peter mantém a tradição até hoje, indo todo ano assistir a um jogo dos Mets, como se tivesse indo com o tio.

6. Peter já se transformou em uma Aranha de verdade.

Muitos devem saber, foi na saga Vingadores: A Queda. Peter se transmutou em uma Aranha gigantes após ser beijado pela vilã A Rainha, na hq Espetacular Homem-Aranha #15 (2004). Após voltar ao normal, Peter havia ganhado a habilidade de soltar teia orgânica pelo pulso. Apenas para aproximar o herói da ridícula ideia usada por Sam Raimi em seus filmes do herói aracnídeo. Os fãs criticaram muito a ideia e um tempo depois, após um pseudo-reboot Peter voltou ao bom e velho lançador de teia.

5. Wolverine foi a primeira pessoa a saber que Peter iria nascer.

Na Amazing Spider Man Annual #5, foi revelado que os pais de Peter, Richard e Mary, foram espiões da S.H.I.E.L.D. e trabalhavam para Nick Fury. Em uma dessas missões, contadas da hq Spider Man: Untold Tales #1 os dois tiveram que resgatar o Agente X (futuro Wolverine e companheiro de equipe do Homem-Aranha) das garras do Caveira Vermelha. Eles conseguiram, e após a missão Mary soube que estava grávida, Logan foi o primeiro a cumprimentar os novos papai e mamãe, nem imaginando que o filho deles seria seu amigo e colega Vingador.

4. Tia May quase casou com um bandido.

Não, não falo do Dr. Octopus, como muitos de vocês sabem, que teve um caso com a velha. Falo de Johnny Jerome, um gangster que May namorava quando jovem, pouco antes de conhecer Ben Parker e se apaixonar por ele, como foi exposto na Peter Parker, The Spectacular Spider-Man Annual’ #4.

3. O nome completo de Peter é: Peter Benjamin Parker

Poucos herois tiveram sua vida pessoa tão explorada quanto a de Peter no passar dos anos. Peter sempre foi tão ou mais importante do que o próprio Homem-Aranha para os fãs e sabendo disso, os roteiristas usam e abusam de tudo o que se pode retirar sobre o jovem. A primeira vez que o nome apareceu foi na ‘Web of Spider-Man’ #19 (Outobro, 1986) quando Peter entrega sua certidão de nascimento do Manhantan Federal Building afim de tirar um passaporte.

2. Homem-Aranha uma vez fez equipe com o elenco do “Saturday Night Live”

O “Not-Ready-For-Prime-Time Players” do ‘SNL‘ teve sua estreia nas hqs na Marvel Team-Up #74 (Outubro, 1978) quando o Aranha precisou da ajuda deles para parar o Samurai de Prata que estava furioso nos estúdios da NBC (Hey galera, aos 70, tudo aconteceu).

1. Em uma ocasião, o Homem-Aranha impediu um alien de enganar toda uma geração a fazer sexo sem proteção.

Como muitos fãs de quadrinhos sabem o Public Service Announcement (PSA) tem oferecido várias das mais bizarras histórias para os nossos heróis ao redor dos anos. A primeira história do Homem-Aranha na PSA é de 1997 e tem como título “O Espetacular Homem-Aranha vs O Prodígio” escrita por Ann Robinson e desenhada pelo saudoso Ross Andru. A hq conta a história do malvado alien chamada O Prodígio que queria fazer com que todos os jovens transassem sem proteção. com 15 anos pra cima, para assim todos terem sua primeira experiencia sexual.

O objetivo dele? Fazer toda a juventude ficar grávida, para assim ele ter muitos bebês para trabalhar de escravos em seu laboratório. O Homem Aranha desmascarou o vilão como o pervertido intergaláctico que ele realmente era.

Cinco coisas que talvez vocês não saibam sobre seus personagens favoritos!

Como fãs de quadrinhos, vocês provavelmente acham que sabem tudo. E é bem provável que saibam as cinco coisas da lista, já que prevejo um monte de comentários “ah, eu já sabia disso tudo”, não é mesmo? Bom, mas para os que talvez não saibam, descubram cinco coisas a respeito de alguns famosos personagens, algum deles que podem até mesmo serem seus favoritos!

Nós já lemos e vimos muitas histórias sobre eles já há algum tempo, e aprendemos muito sobre eles. Mas alguns podem não conhecer tudo, assim como o público geral, e até mesmo podem lembrar apenas do que conhecem pelos filmes. Então, vejam a seguir cinco coisas sobre alguns dos personagens mais famosos dos quadrinhos que fãs e não-fãs podem ou não podem saberem!

1. Superman foi baseado em Moisés

Superman foi criado por dois adolescentes judeus estadunidenses, Jerry Siegel e Joe Shuster, no ano de 1938 e publicado pela DC Comics. Ele foi baseado espontaneamente em algumas figuras bíblicas, como Moisés e Sansão, dos quais Siegel e Shuster muito provavelmente aprenderam por conta de sua religião. As similaridades com Sansão são a força sobrehumana, mas as com Moisés na verdade são bem mais profundas. Ambos tem origens similares, sobre um homem fora de seu tempo e lugar, que tem que aceitar quem realmente é. Ambos tem dores e angústias, por terem sido adotados e não conhecerem seus pais verdadeiros, e desejam salvar a humanidade a qualquer custo. Além disso, o nome Kal-El vem da palavra hebraica “El” que significa “Deus”, ou do termo “Qal-El” que significa algo como “centelha de Deus”, dependendo do que você quiser acreditar.

2. O primeiro uniforme do Homem-Aranha foi originalmente criado por Jack Kirby

Quando o primeiro conceito do Homem-Aranha foi apresentado à Marvel Comics, o escritor Stan Lee precisava de um artista para criar o design do personagem. Então, ele pediu à Jack Kirby que fizesse o uniforme, ele que foi responsável por muitas co-criações de vários outros personagens da Marvel tais como o Quarteto Fantástico, Os Vingadores e os X-Men. Mas, o design inicial de Kirby era muito mais musculoso e masculino, diferente da ideia de Lee de um garoto adolescente esguio e magro. Então, eventualmente o artista Steve Ditko conseguiu a tarefa e criou o icônico uniforme azul e vermelho que conhecemos até hoje.

3. A Mulher Gato originalmente usava uma máscara de gato

Quando a Mulher Gato apareceu pela primeira vez na Batman #1 em 1940, ela não era essa sedutora gatuna que nós conhecemos hoje. Ela era na verdade uma super-vilã mesmo, que usava uma máscara bem mais próxima ao animal, peluda e com certeza, assustadora.

4. Tony Stark foi baseado em Howard Hughes

Quando o Homem de Ferro foi criado para Marvel, ele supostamente deveria ser um personagem que as pessoas provavelmente não iriam gostar, e ser apenas um rico negociante de armas. Então, Stan Lee tomou as rédeas do personagem, criando o personagem de Tony Stark, um arrogante negociante de armas bilionário e um industrialista, baseando sua persona na figura real de Howard Hughes.

5. Wolverine quase foi chamado de “O Texugo”

O escritor Lein Wein estava tentando criar um super-herói baixinho e carrancudo canadense, que seria uma espécie “Capitão América” do Canadá. Quando esteve entre dois nomes, “The Badger” (O Texugo) e “Wolverine” (Carcaju), digamos que ele escolheu o melhor. Curiosamente, em 1983 o personagem Badger foi criado, tendo sua primeira edição escrita por Mike Baron e publicada inicialmente pela Capital Comics e First Comics, e depois pela Dark Horse e Image Comics durante os anos 90.

Adaptado do CBM

Duende Verde: Vilão e Maior Inimigo do Homem-Aranha

O Duende Verde, alter ego psicótico de Norman Osborn, é um dos principais inimigos do Homem-Aranha (para muitos o maior) e por consequência um dos principais vilões do universo Marvel.

O Duende Verde original é a manifestação da insanidade gerada pela indução de substâncias químicas (soro mutágênico) no cientista Norman Osborn, dono da Oscorp.

Nenhum vilão fez tanto quanto o alter-ego de Norman Osborn para arruinar o Escalador de Paredes. Ele descobriu a identidade do Homem-Aranha e apesar de não se lembrar sempre dela em função de suas periódicas voltas à sanidade, ao novamente sucumbir à loucura ele sempre usava a estratégia de atacar Peter Parker aterrorizando seus amigos e amores.

Fala-se Duende Verde original, pois existiram vários outros que sucederam o Norman, surgidos depois que ele foi dado como morto. Só retornaria muito tempo depois. A maioria das pessoas que usou esse nome entrou em contato com um soro mutagênico em algum momento de suas vidas. O soro concede força, agilidade e resistência (o suficiente para resistir a disparos de armas de médio calibre), mas acaba perturbando a mente do infectado em maior ou menor grau.
Amando ter riqueza e poder, ele decide ter o total controle da Oscorp, e ele consegue isso quando Mendel é preso por práticas ilegais. Enquanto lia algumas anotações de Mendel, ele encontrou uma fórmula secreta que o faria superpoderoso. No entanto, seu filho Harry, cansado de ser ignorado e rejeitado por seu pai, trocou os compostos da fórmula, o que a tornou verde e acabou explodindo no rosto de Norman.

Mais tarde no hospital, Norman se encontra pensando mais claramente que antes, sem saber que isso eventualmente o tornaria insano. Objetivando ter mais poder, ele planeja se tornar o maior chefão do crime de Nova York, unindo todos os grupos criminosos para que assim ele pudesse ter total controle sobre a criminalidade de Nova York. Para provar seu poder e estabilizar sua reputação, ele escolhe o Homem-Aranha como vítima e manda dois criminosos atrás dele. Eles são derrotados por Homem-Aranha e, Norman, decide fazer algo com suas próprias mãos. Lembrando-se de um gingante e mostruoso duende verde que aparecia em seus pesadelos quando criança, ele cria para si um traje com o visual baseado nesse monstro, e assim nasce o Duende Verde

A Ascensão do Duende Verde

Ele primeiro enfrenta Homem-Aranha com a ajuda dos Executores. Após a batalha, o Duende consegue escapar. Meses depois, os dois voltam a se enfrentar, mas quando Peter fica sabendo que sua tia, May Parker, foi parar no hospital, ele deixa a luta, o que faz com que a população de Nova York veja ele como covarde.
Com o tempo, Norman se torna obsessivo com o Homem-Aranha e finalmente começa a fazer de tudo para acabar com o seu oponente. Norman utiliza uma falsa gangue que ataca o Homem-Aranha com um gás que anula o sentido aranha, o que permite que Norman o siga sem ser detectado. Ele captura o Homem-Aranha e descobre sua identidade secreta e o leva até o seu esconderijo secreto, onde ele se revela como sendo Norman Osborn, o pai de Harry Osborn, o melhor amigo de Peter. Depois de revelar como ele se tornou o Duende Verde, ele deixa Peter ir para provar sua superioridade. Peter o derrota quando o joga contra fios de alta voltagem. Norman perde parte de sua memória e Homem-Aranha queima o traje do Duende Verde, esperando nunca mais vê-lo de novo.

A Morte de Gwen Stacy e do Duende Verde

Eventualmente, Norman recuperou a memória e, com isso o Duende Verde o domina novamente. O Duende Verde é derrotado por Homem-Aranha novamente e Norman volta ao normal ao saber que seu filho, Harry, está no hospital devido à uma overdose.

No entanto o Duende retorna para acabar o que começara, ele sequestra Gwen Stacy (namorada e noiva de Peter) e a leva para a Ponte George Washington. Lá ele e Peter se enfrentam de novo e Norman a joga da ponte. Homem-Aranha usa sua teia para salvá-la da morte, mas ele mesmo acaba causando a morte de Gwen. Pois, no momento em que ele usara a teia para salvá-la, ele consegue, mas por ter usado muita força para usar a teia para deter a queda de Gwen, isso acaba fazendo com que seu pescoço quebre, e assim ela morre. Magoado e com muita, mas muita raiva, ele persegue e os dois se enfrentam. Peter quase o mata mas decide não fazê-lo. Norman vê a oportunidade perfeita para matar Peter ao usar um controle remoto para direcionar o planador para Peter. No entanto, Peter escapa e o planador atinge Norman, matando-o.

No período de sua morte surgiram vários Duendes Verdes (inclusive seu filho, Harry) e também outras versões como o Duende Macabro e o Duende Demoníaco (na saga Inferno).

Na loja você pode comprar o action figure do Duende Verde . Clique aqui.

O Preço para ser um Super Heroi

Nem os super-heróis se livram da alta do custo de vida e de todos os luxos da vida moderna…
Armas mais modernas, novos acessórios e uniformes… Qual será o super-herói que mais gasta ?
Com certeza é o Iron Man, já que não existe alguém mais extravagante e esbanjador que o Tony Stark, porém este ficou de fora desta análise !
Abaixo foram analisados os super-heróis : Batman, Hulk, SpiderMan, SuperMan e Wolverine.

Homem Aranha Parte 1

Homem-Aranha (Spider-Man em inglês) é um personagem fictício e o de maior sucesso da Marvel Comics. É um dos mais importantes e populares super=heróis das histórias em quadrinhos, séries animadas, filmes, jogos e outras formas de mídia. Suas revistas estão entre as mais vendidas do gênero no mundo há décadas. É a identidade secreta de Peter Parker. Foi criado por um dos mais bem-sucedido criadores moderno de histórias em quadrinhos, Stan Lee, com seu grande parceiro Steve Ditko. Na época do início da publicação de Homem-Aranha no começo da década de 1960, os heróis seguiam um padrão mais ou menos uniforme de rigidez moral e retidão, tanto em suas vidas normais quanto quando travestidos em seus alter-egos. O Homem-Aranha, contudo, foi o primeiro herói a ganhar dinheiro com o uso de seus poderes: Peter Parker vende fotos agindo como o herói para o Clarim-Diário. Seus motivos, porém, são altruístas: ele ajuda a tia viúva e idosa a pagar as contas, principalmente com os remédios. É, portanto, um dos super-heróis mais humanizados das histórias em quadrinhos, o que o levou a um sucesso estrondoso e a uma competição direta de popularidade com ícones do nível de Superman e Batman.

Orfão quando pequeno, Peter Benjamin Parker foi morar junto com seus tios Benjamin e May Parker em Forest Hills,Queens, na cidade de Nova York. O menino cresceu e se tornou um adolescente tímido, mas extremamente inteligente. Era muito desajeitado com as garotas e não tinha muitos amigos. Aos 15 anos, durante uma demonstração de equipamentos que manipulavam radiação, Parker foi picado por uma aranha de uma espécie cujo veneno, em situações normais, é inofensivo ao ser humano. Porém, ela havia sido exposta à radioatividade do aparelho e por isso a picada provocou impressionantes mutações na genética, metabolismo e biologia do organismo do jovem Peter. Na versão ultimate (ou Marvel Millenium, como é mais conhecida no Brasil) e no filme de 2002, Peter é picado por uma aranha geneticamente alterada.

Peter descobre sobre seus poderes quando quase é atropelado por um carro. Seu sentido de aranha o alerta do perigo e por puro reflexo ele salta e se fixa na parede de um prédio. Ainda assustado, ele escala esse prédio e amassa uma chaminé de aço como se fosse de papel. A cena em que um menino o vê escalando a parede ficou imortalizada em todas as HQ’s que contaram a sua história, menos no cinema e na edição Ultimate Marvel.

Parker fica muito empolgado com seus novos poderes e, no início, pensa somente em como ganhar dinheiro com eles. Levado por esses pensamentos individualistas, não faz o mínimo esforço para impedir a fuga de um ladrão, que logo depois viria a matar seu tio Ben. Quando descobre que o assassino do tio é o bandido que poderia ter detido sem dificuldades, se vê tomado por um sentimento de culpa que traz uma dura lição: “Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”. A partir de então, começa a utilizar seus poderes para combater o crime na cidade de Nova York, criando seu próprio disfarce e fazendo suas próprias roupas.

Logo no início das suas histórias, Peter apaixonou-se por Betty Brant, secretária de seu sempre mal humorado chefe, J. Jonah Jameson. Na edição #25 conheceu sua futura esposa Mary Jane Watson, a qual teria se tornado nova namorada de Peter, o que não ocorreu graças ao desentendimento de Stan Lee e Ditko, sobre sua beleza. Enquanto não houve resolução, os autores decidiram colocar uma nova personagem chamada Gwen Stacy para ser o novo par do herói. Ela estudava com ele na mesma faculdade, onde também eram alunos Harry Osborne Flash Tompson. Após a saída de Dikto, Stan Lee consegue concluir sua vontade de incluir Mary Jane, passando o trabalho de fazer uma morte honrosa da personagem para o novo roteirista Gerry Connway que concluiu a história de Gwen pelas mãos do vilão Duende Verde.

Outra garota que também iria “perseguir” Parker era Felícia Hardy, mais conhecida como a Gata Negra. Ela, que originariamente levou uma vida de crimes, viria a se apaixonar pelo Homem-Aranha, apesar de ser sua inimiga. Isso ajudou a reformar-se, passando de vilã a heroína.

Geek Art: Os Super-Heróis HQ de Greg Horn

Greg Horn é um super artista Geek, que já fez um montão de capas para Marvel e DC comics, séries de TV, cinema e games.
Confira aqui algumas imagens super legais da galeria de super-heróis deste artista.
Você pode conferir mais fotos e outras galerias acessando o site do artista.

Spiderman

The Avengers

Batman

Superman

Wonder Woman

© 2017 GetNuts Figuras de Ação e Colecionáveis. All Rights Reserved. Login

- Designed by Gabfire Themes