/*Modifica icone na barra de enderecos */ /*Modifica icone na barra de enderecos */

7 pôsteres de Star Wars Episódio VII feitos por fãs só pra você chorar

E se os Super Heróis fossem patrocinados por grandes marcas?

E se os Super Heróis fossem patrocinados por grandes marcas?

10 coisas que você não sabia sobre o Homem Aranha

Inegavelmente o personagem mais popular da Marvel Comics, o Homem-Aranha possui 50 anos de história, é um nome forte na cultura popular americana, mas o que você realmente sabe sobre o escalador de paredes favorito da vizinhança?

Tendo sua estreia em uma modesta revista com apenas 11 páginas em agosto de 1962, o Homem-Aranha virou sucesso imediato e ganhou sua própria revista no ano seguinte: A Amazing Spider Man, uma das pouquissímas hqs da Marvel que nunca haviam sido interrompidas – até o ano passado – e durou 50 anos. Veja na lista 10 coisas que talvez você não saiba sobre o cabeça de teia:

10. Peter Parker foi o segundo “Homem-Aranha” a estrear na Marvel.

Nos nos cinquenta, as revistas de super heróis estavam em queda, todo o sucesso dos anos 30 e 40 abriam espaço para as revistas sobre ficção científica e monstros. Com a revitalização de heróis como o Flash e o Lanterna Verde pela DC Comics isso começou a mudar um pouco, a Marvel só despertou com o lançamento da revista Quarteto Fantástico #1 (Novembro de 1961). Um mês antes disso, Stan Lee e Jack Kirby fizeram uma das últimas histórias sobre monstros da época na revista Journey Into Mystery’ #73, que vinha com o título “Onde estiver… quando… A Aranha atacará” Sobre uma aranha que foi atingida por raios radioativos (coincidência não?) e criou inteligência humana, crescendo em proporções gigantescas, sendo capaz de falar e até atirar sua teia nos bandidos. Por sorte, essa Aranha-Homem foi morta no final da história.

9. Peter não é o nerd que todos pensam

Uma reclamação comum do novo filme O Espetacular Homem-Aranha é que Peter não estava tão nerd quanto deveria ser. Mas a verdade é que Peter, desde que era escrito por Stan Lee e desenhado por Steve Ditko em 1962, certamente era um gênio, possuía uma auto-confiança e popularidade dão uma guinada tão grande quando ele ganha os poderes que ele fica até certo ponto arrogante, não levava desaforo de JJJ para casa e rebatia as provocações de Flash Thompson, então nesse ponto, o filme acertou.

Já pela edição #7 de Amazing Spider Man, Peter apenas com 15 anos já tinha sua primeira namoradinha, a jovem secretária Betty Brant. Na edição #8, ganha enorme popularidade ao bater no valentão Flash na frente de toda a escola. E já na edição #28, onde Peter está se formando no ensino médio, a garota mais popular da escola, Liz Allan, admite ser apaixonada por ele. E como se não fosse o suficiente, Peter chega na faculdade, roubando o coração da linda Gwen Stacy, e logo depois, da arrasadora ruiva Mary Jane Watson. Não é exatamente a definição de nerd que você conhece.

8. O fluído de teia do Homem-Aranha dissolve em uma hora.

Os que acostumaram a ler as hqs antigas do cabeça de teia devem saber disso, já que era um contexto muito dito no passado, apesar de ainda valer para os dias de hoje. Muitos tinham dúvida sobre como o Aranha ficava se balançando por aí e não deixava Nova York toda suja. Bem, Stan Lee explicou que a teia se evaporava no ar após uma hora, a primeira vez que a explicação apareceu foi na Amazing Spider Man Annual #1

7. Peter torce para o New York Mets

Crescido no Queen, no bairro de Forest Hills, é normal que Peter torça para o time de baseball mais próximo, os Mets. Mas a verdadeira razão pela sua paixão pelo time é revelada na hq Peter Parker: Spider Man #33 (uma das mais lindas sobre o relacionamento dele com o tio, fica a minha dica) escrita por Paul Jenkins e desenhada por Mark Buckingham. Nas palavras do próprio garoto, ele se identifica com o time, Peter ama os Mets porque “eles são uns perdedores adoráveis que vez ou outra fazem um home run acidentalmente.”

Agora, aprofundando um pouco, Peter ama os Mets porque ele cresceu para amar os Mets. Todo ano, Ben Parker o levava para assistir um jogo dos Mets, e eles sempre perdiam, Ben consolava o garoto com as palavras “Talvez ano que vem, campeão.” Peter se aborrecia cada ano mais, e no último ano de vida do Tio Ben, os Mets venceram e conquistaram o campeonato, dois dias depois, Ben Parker foi assassinado. Peter mantém a tradição até hoje, indo todo ano assistir a um jogo dos Mets, como se tivesse indo com o tio.

6. Peter já se transformou em uma Aranha de verdade.

Muitos devem saber, foi na saga Vingadores: A Queda. Peter se transmutou em uma Aranha gigantes após ser beijado pela vilã A Rainha, na hq Espetacular Homem-Aranha #15 (2004). Após voltar ao normal, Peter havia ganhado a habilidade de soltar teia orgânica pelo pulso. Apenas para aproximar o herói da ridícula ideia usada por Sam Raimi em seus filmes do herói aracnídeo. Os fãs criticaram muito a ideia e um tempo depois, após um pseudo-reboot Peter voltou ao bom e velho lançador de teia.

5. Wolverine foi a primeira pessoa a saber que Peter iria nascer.

Na Amazing Spider Man Annual #5, foi revelado que os pais de Peter, Richard e Mary, foram espiões da S.H.I.E.L.D. e trabalhavam para Nick Fury. Em uma dessas missões, contadas da hq Spider Man: Untold Tales #1 os dois tiveram que resgatar o Agente X (futuro Wolverine e companheiro de equipe do Homem-Aranha) das garras do Caveira Vermelha. Eles conseguiram, e após a missão Mary soube que estava grávida, Logan foi o primeiro a cumprimentar os novos papai e mamãe, nem imaginando que o filho deles seria seu amigo e colega Vingador.

4. Tia May quase casou com um bandido.

Não, não falo do Dr. Octopus, como muitos de vocês sabem, que teve um caso com a velha. Falo de Johnny Jerome, um gangster que May namorava quando jovem, pouco antes de conhecer Ben Parker e se apaixonar por ele, como foi exposto na Peter Parker, The Spectacular Spider-Man Annual’ #4.

3. O nome completo de Peter é: Peter Benjamin Parker

Poucos herois tiveram sua vida pessoa tão explorada quanto a de Peter no passar dos anos. Peter sempre foi tão ou mais importante do que o próprio Homem-Aranha para os fãs e sabendo disso, os roteiristas usam e abusam de tudo o que se pode retirar sobre o jovem. A primeira vez que o nome apareceu foi na ‘Web of Spider-Man’ #19 (Outobro, 1986) quando Peter entrega sua certidão de nascimento do Manhantan Federal Building afim de tirar um passaporte.

2. Homem-Aranha uma vez fez equipe com o elenco do “Saturday Night Live”

O “Not-Ready-For-Prime-Time Players” do ‘SNL‘ teve sua estreia nas hqs na Marvel Team-Up #74 (Outubro, 1978) quando o Aranha precisou da ajuda deles para parar o Samurai de Prata que estava furioso nos estúdios da NBC (Hey galera, aos 70, tudo aconteceu).

1. Em uma ocasião, o Homem-Aranha impediu um alien de enganar toda uma geração a fazer sexo sem proteção.

Como muitos fãs de quadrinhos sabem o Public Service Announcement (PSA) tem oferecido várias das mais bizarras histórias para os nossos heróis ao redor dos anos. A primeira história do Homem-Aranha na PSA é de 1997 e tem como título “O Espetacular Homem-Aranha vs O Prodígio” escrita por Ann Robinson e desenhada pelo saudoso Ross Andru. A hq conta a história do malvado alien chamada O Prodígio que queria fazer com que todos os jovens transassem sem proteção. com 15 anos pra cima, para assim todos terem sua primeira experiencia sexual.

O objetivo dele? Fazer toda a juventude ficar grávida, para assim ele ter muitos bebês para trabalhar de escravos em seu laboratório. O Homem Aranha desmascarou o vilão como o pervertido intergaláctico que ele realmente era.

Semelhanças entre Avengers e Transformers

300 – A Ascensão do Império

Novo trailer de 300 – A Ascensão do Império traz muito sangue e cenas de guerra

Sequência de 300 chegará aos cinemas brasileiros logo depois do Carnaval.

Se depender do novo trailer de 300 – A Ascensão do Império, pode-se esperar um filme de visual bastante envolvente! Estilizado, é verdade, mas ainda assim bem detalhista nas cenas de guerra. Inclusive, são elas o grande destaque do novo vídeo, especialmente as que mostram a batalha nos mares. Confira!

Dirigido por Noam Murro, 300 – A Ascensão do Império acompanha os eventos anteriores, posteriores e também durante 300, quando o rei Leônidas e seus guerreiros enfrentam o exército de Xerxes (Rodrigo Santoro). Com o ator brasileiro de volta e ainda as participações de Eva Green, Sullivan Stapleton e Lena Headey, o longa-metragem chegará aos cinemas brasileiros em 7 de março.

The Hobbit: The Desolation of Smaug

Após iniciar sua jornada ao lado de um grupo de anões e de Gandalf (Ian McKellen), Bilbo Bolseiro (Martin Freeman) segue em direção à Montanha Solitária, onde deverá ajudar seus companheiros de missão a retomar a Pedra de Arken, que fará com que Thorin  (Richard Armitage) obtenha o respeito de todos os anões e o apoio na luta para retomar seu reino. O problema é que o artefato está perdida em meio a um tesouro protegido pelo temido dragão Smaug (voz de Benedict Cumberbatch). Ao mesmo tempo, Gandalf investiga uma nova força sombria que surge na Terra Média.

Cinco coisas que talvez vocês não saibam sobre seus personagens favoritos!

Como fãs de quadrinhos, vocês provavelmente acham que sabem tudo. E é bem provável que saibam as cinco coisas da lista, já que prevejo um monte de comentários “ah, eu já sabia disso tudo”, não é mesmo? Bom, mas para os que talvez não saibam, descubram cinco coisas a respeito de alguns famosos personagens, algum deles que podem até mesmo serem seus favoritos!

Nós já lemos e vimos muitas histórias sobre eles já há algum tempo, e aprendemos muito sobre eles. Mas alguns podem não conhecer tudo, assim como o público geral, e até mesmo podem lembrar apenas do que conhecem pelos filmes. Então, vejam a seguir cinco coisas sobre alguns dos personagens mais famosos dos quadrinhos que fãs e não-fãs podem ou não podem saberem!

1. Superman foi baseado em Moisés

Superman foi criado por dois adolescentes judeus estadunidenses, Jerry Siegel e Joe Shuster, no ano de 1938 e publicado pela DC Comics. Ele foi baseado espontaneamente em algumas figuras bíblicas, como Moisés e Sansão, dos quais Siegel e Shuster muito provavelmente aprenderam por conta de sua religião. As similaridades com Sansão são a força sobrehumana, mas as com Moisés na verdade são bem mais profundas. Ambos tem origens similares, sobre um homem fora de seu tempo e lugar, que tem que aceitar quem realmente é. Ambos tem dores e angústias, por terem sido adotados e não conhecerem seus pais verdadeiros, e desejam salvar a humanidade a qualquer custo. Além disso, o nome Kal-El vem da palavra hebraica “El” que significa “Deus”, ou do termo “Qal-El” que significa algo como “centelha de Deus”, dependendo do que você quiser acreditar.

2. O primeiro uniforme do Homem-Aranha foi originalmente criado por Jack Kirby

Quando o primeiro conceito do Homem-Aranha foi apresentado à Marvel Comics, o escritor Stan Lee precisava de um artista para criar o design do personagem. Então, ele pediu à Jack Kirby que fizesse o uniforme, ele que foi responsável por muitas co-criações de vários outros personagens da Marvel tais como o Quarteto Fantástico, Os Vingadores e os X-Men. Mas, o design inicial de Kirby era muito mais musculoso e masculino, diferente da ideia de Lee de um garoto adolescente esguio e magro. Então, eventualmente o artista Steve Ditko conseguiu a tarefa e criou o icônico uniforme azul e vermelho que conhecemos até hoje.

3. A Mulher Gato originalmente usava uma máscara de gato

Quando a Mulher Gato apareceu pela primeira vez na Batman #1 em 1940, ela não era essa sedutora gatuna que nós conhecemos hoje. Ela era na verdade uma super-vilã mesmo, que usava uma máscara bem mais próxima ao animal, peluda e com certeza, assustadora.

4. Tony Stark foi baseado em Howard Hughes

Quando o Homem de Ferro foi criado para Marvel, ele supostamente deveria ser um personagem que as pessoas provavelmente não iriam gostar, e ser apenas um rico negociante de armas. Então, Stan Lee tomou as rédeas do personagem, criando o personagem de Tony Stark, um arrogante negociante de armas bilionário e um industrialista, baseando sua persona na figura real de Howard Hughes.

5. Wolverine quase foi chamado de “O Texugo”

O escritor Lein Wein estava tentando criar um super-herói baixinho e carrancudo canadense, que seria uma espécie “Capitão América” do Canadá. Quando esteve entre dois nomes, “The Badger” (O Texugo) e “Wolverine” (Carcaju), digamos que ele escolheu o melhor. Curiosamente, em 1983 o personagem Badger foi criado, tendo sua primeira edição escrita por Mike Baron e publicada inicialmente pela Capital Comics e First Comics, e depois pela Dark Horse e Image Comics durante os anos 90.

Adaptado do CBM

Cavaleiros do Zodíaco: Saga de Poseidon

Segundo o Hipermito, Poseidon, o Imperador dos Mares, lutou contra Atena pela posse das terras árticas e acabou sendo aprisionado pela deusa logo após a Guerra Santa,ocorrida há milhares de anos. Os combates foram tão intensos que causaram um dilúvio na Terra e o desaparecimento de Atlântida, onde ficava o Templo terrestre de Poseidon. Treze anos antes da batalha atual, Kanon, irmão gêmeo de Saga de Gêmeos, foi aprisionado na prisão do Cabo Sunion, onde encontrou um caminho que leva a Fortaleza Submarina de Poseidon. No Templo Submarino, estão guardadas a ânfora na qual a alma de Poseidon foi aprisionada e as Escamas dos Sete Generais Marinas. Escama é a denominação das armaduras usadas pelos Marinas, as escamas dos sete Generais Marinas são tão poderosas quanto às Armaduras dos Cavaleiros de Ouro.

Inicialmente, as Armaduras dos Cavaleiros de Atena foram criadas exatamente para combater os Marinas. Naquela época, a humanidade não possuía armas capazes de atravessar as poderosas Escamas, feitas do misterioso metal Oricalco, e nem tinham habilidades de luta para enfrentar os Marinas que as vestiam. As Armaduras de Atena foram desenvolvidas para combatê-los, o que resultou no nascimento dos Cavaleiros de Atena para vestí-las.

No clímax da Saga de Asgard, Atena é raptada perante os cavaleiros por uma onda gigantesca.Enquanto os cavaleiros tentam descobrir o paradeiro de Saori, eventos catastróficos começam a ocorrer ao redor do do mundo: maremotos, chuvas torrenciais, nevascas, etc. Sabendo que o verdadeiro inimigo é o Imperador dos Oceanos Poseidon, que colocou e controlou Hilda através do poder do Anel de Nibelungo para que destruísse Atena e os Cavaleiros, Seiya e outros descobrem com a ajuda de Hilda e Frea uma passagem em Asgard que pode levá-los até a Fortaleza Submarina do deus dos Mares.

Enquanto isso, Saori acorda de um sono profundo nos aposentos do Templo de Poseidon. Ao encontrar o deus, ela imediatamente o reconhece como sendo Julian Solo: filho de uma rica família de comércio marítimo, que em em seu aniverário havia pedido a mão de Saori em casamento, sendo recusada pela jovem. O deus explicou seus planos com Hilda e explicou a Saori que agora que o seu cosmo está provocando esses inúmeros disastres pelo mundo ele pretende “limpar” a humanidade da face da Terra para construir uma nova Utopia. Mesmo percebendo o choque de Atena ao saber de suas intenções, Poseidon ainda tenta convencer Atena – da mesma forma que havia tentado fazê-la casar com ele anteriormente – que junte-se a ele e dominem o mundo junto. Porém, Saori não aceita a proposta e mostra-se preparada para tomar qualquer atitude necessária para impedir Poseidon, mesmo que isso signifique o início de uma nova Guerra Santa.

Seiya é o primeiro á invadir o templo de Poseidon, junto á Shun se encontram com Tétis de Sereia, uma comandante marina, classe menor que a dos generais marinas, sendo equivalente á um cavaleiro de prata, Tétis lança contra os dois bronzeados o Encantamento de Coral, mas o ataque é interrompido com a chegada de Shaina, a amazona assume a luta contra Tétis, a comandante diz que os cavaleiros nunca venceriam Poseidon, sem destruir todos os pilares dos sete mares, mas destruí-los era algo inconcebível.

Seiya tenta de tudo para destruir o pilar, mas o mesmo não tinha nenhuma rachadura após reçeber excessivos ataques, com a chegada de Kiki, dicípulo do cavaleiro Mu de Áries, destroi o pilar com uma das seis armas de libra, entregues pelo mestre ancião. Shiryu e Hyoga logo se encontram com Seiya, os três partem para diferentes direções em busca de outros pilares.

Os outros pilares são destruídos por Shun , Shiryu e Hyoga e o Seya que partiu para destruir outro pilar.
Ikki á caminho do pilar principal encontra o general marina Kanon de Dragão Marinho, Ikki questiona o local onde Kanon está, dizia que não deveria estar guardando o pilar do Atlântico Norte, mas Kanon que até agora não se apresentara á Ikki diz ao mesmo de ele ser o único á estar ileso á essa altura das batalhas então não teria de proteger o pilar de um ser inexistente ou ferido, Kanon usa seu golpe mais forte a Explosão Galáctica, que faz Ikki ter seu elmo despedaçado por Kanon, Ikki quase inconsciente, recebe outro golpe, mas Ikki estranha a semelhança do ataque de Kanon e o de Saga, até que Ikki sem saber do irmão gêmeo de Saga, Kanon fica surpreso de ele estar vivo, mas Kanon intervém diz que era o irmão gêmeos de Saga, Kanon, e diferentemente de seu irmão não possui duas faces, a boa e a má, ele só possui uma, a má, Kanon abre uma fenda no espaço, Ikki acha que Kanon estava usando á Outra Dimensão, um golpe equivalente Ikki é mandado para tal dimensão e some.

Depois do ocorrido Kanon, no seu pilar sente uma cosmo energia poderosa, era Ikki que, com suas asas de fênix escapou do Triângulo de Ouro, Ikki pergunta porque Kanon servia á Poseidon, o marina não respondeu, Ikki sem escolha usou o Golpe Fantasma de Fênix lendo o plano de Kanon: Fazer Atena morrer na guerra, e depois derrotar Poseidon, dominando os mares e a superfície, Sorento e Kiki chegam no local, Kiki com a armadura de libra entrega o escudo para desruir o pilar, Sorento menospreza Kanon, dizendo que, a guerra desde o início era obra de Kanon, o impedindo de matar Kanon, já derrotado (devido á sua mente ter sofrido ilusões dos golpes de Ikki) Ikki pede para Sorento que não mate Kanon. o ultimo pilar é destruído.

Seiya junto á Saori derrotam Poseidon e destroem o pilar principal.

Qual o animal que é campeão em salvar vidas??

Já adiantamos que não é o cão ou qualquer outro mamífero. O salvador vem mesmo é do mar!!

Você sabia que existe um animal que é campeão em salvar vidas? Porém, o bicho em questão não é o cão, como muita gente pode ter apostado, nem mesmo o leal cavalo, nem o valente pombo-mensageiro. O salvador vem do mar: é o caranguejo-ferradura, aquele de aspecto pré-histórico que também é conhecido como límulo (Limulus polyphemus).

A indústria farmacêutica utiliza um extrato de seu sangue, o lisado do amebócito doLimulus (ou LAL) para testar medicamentos, vacinas e dispositivos médicos (como rins artificiais) a fim de verificar se estes não estão contaminados. Até hoje, não existe nenhuma outra opção tão simples e confiável quanto o uso do LAL para realizar essas ações.

Os Superpoderes Do Límulo

Os límulos ou caranguejos-ferradura vivem em áreas costeiras rasas que, muitas vezes, são contaminadas, sendo que um litro de água do mar pode facilmente conter milhões de bactérias tóxicas. É sabido que esse caranguejo não tem nenhum sistema imunitário e não é capaz de desenvolver anticorpos para combater infecções.

No entanto, o seu sangue contém um elemento milagroso que coagula em torno de agentes invasores e os dissolve, sendo o principal componente usado na produção de LAL. Com isso, para descobrir se algo destinado a uso médico está contaminado ou não, você só tem que expô-lo ao LAL. Se não coagular, está limpo.

Ao contrário de seres humanos, o sangue do caranguejo-ferradura não tem hemoglobina, que utiliza ferro para transportar oxigênio, mas hemocianina, que utiliza cobre. E isso explica por que o seu sangue é azul, o que é altamente útil e pode valer cerca de 15 mil dólares o litro.

Mas, calma! Antes que você ache que os bichinhos precisem morrer para isso, saiba que o sacrifício deles não é necessário. Para obter o seu sangue valioso, os caranguejos são “ordenhados” manualmente por profissionais cuidadosos e, apesar de perderem 30% de seu peso, depois eles se recuperaram rápido e são devolvidos à água.

Os caranguejos passam por essa ordenha apenas uma vez por ano, sendo que seu sangue é posteriormente congelado, desidratado e, em seguida, enviado às instituições de pesquisas médicas e laboratórios.

A prova da existência de Super Heróis no Egito antigo!

Confira as incríveis ilustrações que o artista Josh Ln criou… quer dizer… descobriu… que mostram alguns herois do Egito antigo!

Curta o amanhecer na Terra visto da estação espacial ISS

Curta este video belíssimo do amanhecer na Terra, visto da ISS.

Bem alto lá no céu acima de nós, está a estação espacial Internacional – ISS, pesando 500 toneladas, (equivalente a 320 carros) com uma envergadura da largura de uma campo de futebol.

A ISS tem 9 quartos, 2 banheiros, 2 cozinhas, 2 mini-ginásios e é maior espaçonave que já orbitou a Terra.

É o projeto científico e tecnológico mais complexo jé realizado pelo homem !

A primeira expedição com seres humanos ocorreu em 31 de outubro de 2000 e estima-se que a ISS vai estar ativa até 2020, quando então cairá sobre o oceano pacífico.

Muitas pesquisas tem sido realizadas e centenas de lindas imagens da Terra tem sido resgistradas.

Superman é o cara!!

Superman pode estar salvando o mundo de ser destruído, pode salvar galáxias inteiras. Idolatrado por milhões mesmo assim consegue manter sua humildade e compaixão. Resumindo Superman você é o cara!!

Filme do jogo World of Warcraft já tem data de estréia!

O filme inspirado no game World of Warcraft, da Blizzard,já tem data de estréia. Sim amigos, o longa mais esperado do mundo gamer será lançado no dia 18 de Dezembro de 2015!

O longa da Legendary Pictures e Universal Pictures terá direção de Duncan Jones, diretor de Lunar (Moon) e Contra o Tempo (Source Code), e filho do músico David Bowie, e será escrito por Charles Leavitt.

Os produtores são Charles Roven e Alex Gartner da Atlas Entertainment. O longo também terá co-produção de Chris Metzen.

Enquanto o roteiro do longa metragem é mantido em segredo, não faltam complicações ao redor da produção. Sam Raimi – de “O Espetacular Homem-Aranha” – iria dirigir o filme, mas abandonou o projeto e acusou a Blizzard de ‘atrapalhar’ o projeto, que agora está nas mãos de Duncan Jones.

De resto, o que resta é esperar. Mas a expectativa fica, como você acha que vai ser a produção?

Capitão América 2 – O Soldado Invernal

Capitão América 2 – O Soldado Invernal se passa dois anos após os eventos mostrados em Os Vingadores – The Avengers. Steve Rogers (Chris Evans) luta para cumprir seu papel no mundo moderno, em parceria com Natasha Romanoff (Scarlett Johansson), também conhecida como Viúva Negra, para derrotar um poderoso e misterioso inimigo na cidade de Washington dos dias atuais.

Mortal Kombat

Mortal Kombat é uma franquia criada por Ed Boon e John Tobias, sendo originalmente uma série de jogos eletrônicos desenvolvida pela Midway Games. O primeiro título da série foi Mortal Kombat, lançado em 1992. A maior parte da série é formada por jogos de luta, mas devido ao seu grande sucesso, a série se expandiu para outras mídias como filmes, séries de TV e quadrinhos.

Os quatro primeiros jogos e suas atualizações, inicialmente, foram lançados nas máquinas de arcade. Depois os jogos de arcade eram convertidos para consoles caseiros pela Acclaim Entertainment. A partir de Mortal Kombat: Deadly Alliance, a Midway Games criou seus jogos exclusivamente para consoles caseiros, o que ocorre até o jogo mais recente, Mortal Kombat. Após a falência da Midway, a franquia foi comprada pela Warner Bros. em julho de 2009, fazendo parte da Warner Bros. Interactive Entertainment.

Os primeiros jogos e suas atualizações, Mortal Kombat, Mortal Kombat II, Mortal Kombat 3, Ultimate Mortal Kombat 3 e Mortal Kombat Trilogy foram feitos com jogabilidade 2D que consistia no uso de cinco botões: dois tipos de soco, dois tipos de chute e defesa. Críticos afirmavam que era por causa disso que os personagens só eram diferentes nos movimentos especiais. De fato, essa concentração nos movimentos especiais causou uma falta de foco nos movimentos regulares em comparação a outras séries de jogos de luta.

A série era especialmente notada pelos seus sprites digitalizados (diferente dos outros jogos que usavam sprites desenhados a mão), e sua grande quantidade de sangue e violência. Ao longo da série, o jogo ficou conhecido por sua simplicidade dos controles e os movimentos especiais exóticos, tendo como uma de suas marcas a tendência de substituir o C inicial das palavras pelo K, não só no título como em todas as palavras que começassem com C. Os primeiros jogos da série eram criticados pelo uso abusivo da troca de paletas para criar mais personagens.

Finalizações

Sub-Zero realizando a sua infame Spine Rip em Scorpion, Fatality favorita de Ed Boon no jogo original (1992).
Sem dúvida, grande parte da fama da série veio a tona com o uso de finalizações, movimentos especiais que podem ser usados somente no final de uma luta, usando uma certa sequência de botões para ser realizada quando o oponente está tonto. A finalização mais conhecida é a Fatality, que é a mais violenta das finalizações, onde o oponene é cruelmente morto, podendo ocorrer desmembramentos, empalação, decapitação, entre outras variações, sempre envolvendo sangue e sofrimento.3 O uso desse recurso contribuiu para a criação do ESRB.

Mas além disso também houve finalizações de teor cômico, como o Friendship, no qual o lutador faz algum tipo de brincadeira ou oferece algum presente à vítima de acordo com sua natureza, ou a Babality que transforma o oponente em um bebê. Em Mortal Kombat: Deception outra finalização notável foi criada, o Hara-Kiri, onde o perdedor pode se suicidar, fazendo o vencedor perder a chance de finaliza-lo.

Segredos, rumores e Easter Eggs

Mortal Kombat foi um dos primeiros títulos do gênero de jogos de luta que incluiu personagens secretos, jogos secretos e outros Easter Eggs. A maioria desses segredos eram apenas acessíveis através de algo muito desafiador e exigente. Foi essa ideia que ajudou Mortal Kombat a se tornar um dos mais memoráveis do gênero.

Por exemplo em Mortal Kombat, ao vencer uma luta do The Pit sem sofrer nenhum dano, não usar botão de bloqueio e aplicar um Fatality no final, podia-se lutar contra Reptile, uma fusão de Sub-Zero e Scorpion; ou Mortal Kombat 3, incluiu um jogo escondido chamado Galaxian. Os jogos da Sega Genesis tinha segredos exclusivos como o Fergality de Raiden que no Armory, na tela de Fatality podia-se aplicar o Fergality que transformava o personagem em um dos desenvolvedores do jogo.

Um Easter Egg que surgiu de falhas e acabou se transformando em personagem foi Ermac, ele estava presente na tela de Ranking e aparecia às vezes, fazendo surgir rumores que ele era um personagem secreto. Na verdade era um erro do sistema que misturava os ninjas, causando algo chamado “Error Macro” que no jogo era abreviado para Ermac, resultando em um ninja vermelho. E seu nome na tela de Ranking na verdade era um contador de erros.

Um dos acontecimentos mais impressionantes da série foi um rumor em Mortal Kombat 2, que surgiu na mão dos fãs, sem nenhuma interferência dos produtores. Os fãs acreditavam que Goro (Um sub-chefe de quatro braços do primeiro Mortal Kombat) estaria escondido em algum lugar, assim, várias pessoas se tornaram obcecadas em encontrá-lo. Os produtores logo depois de um tempo desmentiram o rumor.

Surgiram Easter Eggs através de piadas internas da equipe
como o “Toasty”, que surgiu em Mortal Kombat 2. Quando os produtores venciam as lutas nos testes eles tinham costume de dizer Toasted (mais tarde Toasty) e isso acabou entrando no jogo com uma imagem de Dan Forden no canto da tela dizendo Toasty. Isso deu origem a outras piadas como em Mortal Kombat 4 onde os personagem davam gritos dizendo “That’s nacho cheese!” e “I’m gonna throw you over there”.

Lagosta Rara

Ou quase isso. Essa raríssima lagosta metade vermelha, metade azul aparece uma vez a cada 50 milhões. As lagostas existem em diversas cores, mas esse espécime é extremamente difícil de ser encontrado. Ela não é a mais rara lagosta já encontrada.

Biólogos estimam que a lagosta albina apareça uma vez a cada 100 milhões. Mesmo assim, é especialmente interessante encontrar essa lagosta que parece torcer pro Barcelona. Ela não foi encontrada na Espanha, mas sim em Newfoundland, no Canadá. Ela é considerada ginandromorfa, ou seja, macho e fêmea ao mesmo tempo.

Um Superman é necessário?

Com a contribuição da nossa leitora SS temos esse ótimo texto, confiram :

No mundo dos gibis, sempre que o mundo é ameaçado por algum tipo de problema, os seres humanos são salvos pela coragem e determinação de super-heróis que estão dispostos a sacrificar sua vida social e material em busca de um bem maior. Mas considerando o universo apresentado nos gibis, será que deveríamos esperar uma força externa aparecer toda vez que precisamos de ajuda? Será essa a verdadeira função e responsabilidade dos super-heróis? Agora consideremos o mundo em que vivemos. Como um super-herói poderia ajudar da melhor forma? É possível existir um Superman igual ao dos gibis? E se for possível, devemos nos perguntar: “Um Superman é necessário?”

O mundo dos gibis é fictício, pois representa um mundo imaginário onde seres super poderosos soltam raios de calor pelos olhos e conseguem enxergar através de paredes. Porém, o verdadeiro ensinamento dos gibis vai além desses poderes extraordinários. O exemplo contido em cada gibi, o exemplo que o Superman ilustra em cada página é o verdadeiro e único “Super Poder” do qual também somos capazes. Habilidades como supervelocidade, sopro de gelo e o poder de voo são usadas apenas para chamar a atenção do leitor, para cativá-lo e fazer com que continue lendo, ou mesmo assistindo as histórias. Mas o diferencial, o nobre e o SUPER são puramente e simplesmente os exemplos aferidos em cada capítulo ou história. Superman nos mostra que o verdadeiro amor, é o amor praticado pelo próximo, e que a intensidade das batalhas travadas dentro de nós, são as escolhas que definem quem somos, e nós sempre podemos escolher fazer o que é certo. Logo, não são nossas habilidades que nos definem, mas nossas escolhas. Superman sabe que por ter inúmeras habilidades, isso o torna mais responsável, o que significa que deve servir mais à humanidade, porque têm as qualidades que permitem realizar tal desafio.

Por fim, devemos entender que a melhor forma do Superman ajudar a população, não é apenar ficar esbanjando seus poderes em salvamentos extraordinários, e sim usá-los da melhor forma e em prol da humanidade, para realizar aquilo que outros não conseguiriam, e assim servir de exemplo para que outros o façam. Cada um de nós apresenta uma característica ou habilidade própria. E se todos a usarmos pelo próximo, cresceremos em união. A verdadeira função dos super-heróis não é nos salvar de qualquer perigo que nos afronta, mas sim mostrar o melhor caminho para vencer tal teste, e inspirar a todos que nos rodeiam. É verdade que não é possível existir um Superman nos moldes dos gibis, afinal não podemos desafiar a gravidade, porém, podemos fazer das ações e exemplos dele, as nossas. Ajudando as pessoas e salvando-as do medo e da iniquidade, sem esperar recompensa. Assim seremos mais do que um herói, seremos um super-herói. Somos capazes de quebrar as correntes que nos prendem ao chão e voar mais alto do que qualquer super-herói dos gibis já conseguiu.

Portanto… “Um Superman é necessário?” Bom, essa pergunta, o próprio Superman responde na HQ publicada em Janeiro de 1972, dizendo: “Vocês não precisam de um Superman consertando suas vidas toda vez que há uma crise ou desastre… Vocês não precisam de um Superman. O que precisam mesmo é da supervontade de serem guardiões do seu próprio destino.” Talvez nunca teremos uma boa resposta para essa pergunta, mas na minha opinião, não precisamos de um Superman. Porque na verdade, acredito que fazendo o bem uns aos outros, todo homem poder ser um super-homem, e que o homem certo pode tornar qualquer coisa possível. ”

— Para o alto e avante! Stay Super.

Batcaverna de Lego

Carlyle Livingston II e Wayne Hussey recriaram com cerca de 20.000 peças de Lego e mais de 800 horas de trabalho esta incrível replica da Batcaverna.

Isso sim que paciência e criatividade.

Dragon Ball Z – Battle of Gods

“Muitos anos depois que a titânica batalha contra Majin Buu determinaram o destino de todo o universo, a Terra estava em paz, mas agora enfrenta um novo perigo…

Se há um deus que cria os planetas e a vida neste universo, então também há um deus que os destroi. O deus da destruição Bills, que mantém o equilíbrio do universo inteiro, desperta de um longo sono. Uma vez desagradado, ele leva a destruição ao limite, e o seu despertar deixa tanto Kaio quanto Kaioshin em pânico.

Ao ouvir rumores de que um saiyajin derrotou Freeza, Bills e Whis procuram Goku no Planeta Kaio. Empolgado ao deparar com um oponente tão forte depois de tanto tempo, Goku ignora o aviso do senhor Kaio e desafia Bills para uma batalha, mas, diante de tamanho poder, é derrotado. ‘Espero que exista alguém na Terra mais digno de ser destruído’, diz Bills enquanto parte. A ameaça parte pra cima de Vegeta, Gohan e os outros guerreiros da Terra.
Será que Goku e companhia conseguirão deter a destruição de Bills?”

Se você curte Dragon Ball não deixe de visitar a loja e conferir os action figures disponíveis!

8 detalhes que fizeram o Coringa de Heath Ledger ser tão incrível

Quem diz que faltou humor na trilogia do Cavaleiro das Trevas, não conseguiu captar as nuances de humor negro que o Coringa trouxe às telonas. O truque do lápis consegue arrancar boas risadas e ver o ator vestido de enfermeira não tem preço. Preparamos uma lista com 8 pequenas coisas que contribuíram para a grandiosidade do trabalho final de Ledger. Leia Mais!

Nós poderíamos ficar horas discutindo sobre o quanto a morte de Heath Ledger influenciou o pensamento das pessoas sobre o coringa. Será que o ator teria ganhado o Oscar póstumo de melhor ator coadjuvante? Será que O Cavaleiro das Trevas teria arrecadado mais de um bilhão em bilheteria? Independente das respostas a essas questões, é indiscutível que Ledger esteve brilhante no papel e mesmo alterando muitas das principais características do personagem das HQ’s, o resultado final encaixou perfeitamente no universo criado por Nolan.

8. Nunca olhar para suas vítimas
Algumas coisas sobre o Coringa são tão impactantes que você nem mesmo consegue compreender o porquê de serem tão perturbadoras. Seus momentos de calmaria aliados a breve explosões de loucura são executados de maneira tão sutil que você realmente acredita no personagem.
Reparem nas mortes durante o filme, o Coringa nunca olha para suas vítimas quando está prestes a tirar-lhes a vida, até mesmo quando a morte ocorre “indiretamente,” como na cena da explosão do hospital. Mas isso é uma característica do Coringa das HQ’s? Por que nunca vimos essa particularidade ser explorada antes?
Precisamos cavar um pouco mais fundo na essência do personagem. No arco “Batman: O Homem que Ri,” (Título retirado do filme que inspirou a criação do personagem) é revelado que o Coringa é tão cruel que não se importa em olhar para suas vítimas enquanto as mata. Um elemento chave do personagem escondido em suas origens.
Não sei de quem foi a ideia de incluir esse fato no filme, mas a execução é mérito de Ledger.

7. Ser diferente de Jack Nicholson
Jack Nicholson é considerado por muitos, como o maior intérprete do Coringa, no cinema. Mas a performance de Ledger conseguiu ser tão magistral quanto a do palhaço de Tim Burton.

É até estranho tentar comparar as duas interpretações, já que o contexto e o tom dos filmes são completamente diferentes, mas ainda há quem tente avaliar qual performance é melhor. As diferenças entre os vilões é notável, mas não é tudo uma feliz coincidência. Enquanto estudava para a criação do personagem, Ledger chegou a conversar com Nicholson e decidiu que faria TUDO diferente da encarnação anterior, até mesmo para evitar comparações.

6. Dirigir os vídeos de terrorismo do Coringa
A unidade de direção secundária serve para dirigir as sequências de ação e cenas de passagem que não envolvem o elenco principal, quando as estrelas estão em ação, entra o time da direção principal. Christopher Nolan é famoso por não trabalhar dessa maneira, já que gosta de supervisionar cada detalhe de sua produção, mas certa vez o diretor abriu mão do direito de comandar para uma pessoa… adivinha quem?

Heath Ledger nunca escondeu seu desejo de ser diretor, o ator até mesmo dirigiu alguns clipes musicais. Mas Nolan permitiu que Ledger tomasse o controle de algumas cenas, pois o ator estava obcecado com seu personagem.
Christopher Nolan deu algumas dicas e ajudou no enquadramento do primeiro vídeo terrorista do Coringa (aquele com o falso Batman), mas ficou tão impressionado com o desempenho de Ledger que deu carta branca ao ator para que dirigisse suas cenas do modo que achasse conveniente.

5. Há maquiagem em suas mãos para deixá-lo com um ar mais insano
Logo começarão as festas de Halloween e uma das roupas mais imitadas, seja em festas ou eventos como convenções de cosplay, é o traje do Coringa. É fácil aplicar uma maquiagem no rosto e colocar um casaco roxo, mas são os detalhes que contribuem para a perfeição da obra.
Dessa vez o mérito é de Nolan, o diretor preferiu deixar a maquiagem de Ledger um pouco menos “profissional,” e falhada, diferente da maquiagem de Cesar Romero, que mais parece um reboco. O detalhe da maquiagem nas mãos servem para ajudar a construir o perfil psicótico do personagem, dando a ideia de que ele mesmo passaria os produtos no rosto em movimentos bagunçados e perturbadores. Conseguem sentir a tensão de imaginar um louco se preparando para fazer sua entrada triunfal em mais uma carnificina?

4. As palmas improvisadas
Certamente você já deva conhecer esse fato, mesmo assim ele deve ser mencionado. As icônicas e sarcásticas palmas do Coringa para o anúncio da promoção de Jim Gordon não estavam no roteiro. Isso mais uma vez mostra o quanto Ledger entrou de cabeça no personagem. O ator percebeu que o momento seria adequado para introduzir um alívio cômico à cena e pegou a equipe de produção de surpresa.

3. A língua de fora era um tique de Heath Ledger
Ao analisar os perfis de Heath Ledger e seu personagem podemos perceber que os dois não tinham nada em comum. O ator mudava seu sotaque, comportamento e, obviamente, a aparência para encarnar o Coringa. As personalidades eram tão distintas que é até mesmo difícil perceber que são a mesma pessoa.
Há apenas uma coisa que realmente está presente nos dois, mas chega a ser tão sutil que talvez você nem tenha percebido antes. Ambos tem a tendência de deixar a língua de fora da boca enquanto estão falando. O hábito que Ledger carregava desde sua infância poderiam prejudicar sua atuação, mas contribuíram de modo a dar uma característica mais humana e realista ao Coringa.

2. A explosão foi planejada, a reação não!
Assim como o nome no crachá, os fãs foram rápidos ao assumir que a cena da explosão do hospital foi inesperada. Ledo engano, caro amigos especuladores. O atraso entre as explosões estava no roteiro, a reação de Ledger foi a cereja no bolo. O ator deveria continuar caminhando e entrar no ônibus, quando o veículo estivesse em movimento a explosão continuaria e destruiria a construção por completo. Mais uma vez podemos perceber como Ledger entendia o personagem e suas reações durante a cena acabaram deixando o resultado final hilário.

1. Ele pediu a Christian Bale para espancá-lo de verdade
A cena do interrogatório realmente marcou o ponto de distinção entre O Cavaleiro das Trevas e outros filmes menos ousados. É uma sequência perturbadora que mostra até onde o Coringa é capaz de ir e, aparentemente, Heath Ledger também.
Antes das gravações, Ledger pediu a Christan Bale que o batesse tão forte como o verdadeiro Batman faria. Um pedido surpreendente para retrucar de vez as críticas de fãs que diziam que os golpes do Cavaleiro das Trevas eram falsos e coreografados.
Este é um dos mais puros exemplos do quando Ledger se dedicou à autenticidade do personagem, mostrando devoção e métodos que a maioria dos atores hesitariam alcançar.

Fonte: WhatCulture

Exterminador do Futuro: Série 3 Figuras de 17,78 cm da Neca

A série 3 da coleção Terminator (Exterminador do Futuro) da Neca lançada em setembro de 2012, é bem especial porque traz 2 figuras do primeiro filme de 1984 : “The Terminator”.
São elas: T-800 e Kyle Reese. Ambos os bonecos sao bem detalhados e a escultura e pintura do rosto, são destaques pois são bem semelhantes `as feiçãoe dos atores que interpretam os personagens: Schwarzenegge e Biehn respectivamente.
A tercera figura é do segundo filme (Terminator 2), o T-1000.

Cada figura vem com acessórios característicos utilizados no filme.
A figura do T-800, vem com 2 cabeças intercambiáveis: 1 versão com óculos e outra battle-damaged.

Clique aqui para conferir mais detalhes e comprar .

Empresas brigam pelo direito de transformar Caverna do Dragão em filme

 

Os direitos autorais para transformar em filme a marca Dungeons and Dragons – a mesma que deu origem à série Caverna do Dragão – se tornaram o centro de uma briga judicial nos Estados Unidos. De acordo com o site Deadline, a disputa ficou mais acirrada quando duas empresas começaram a articular, quase ao mesmo tempo, projetos com diferentes estúdios de Hollywood: Warner Bros. e Universal Pictures.

Quatro meses após a empresa de brinquedos Hasbro mover uma ação por violação de direitos autorais contra a Sweetpea Entertainment – que produziu três filmes da saga, um em 2000 e dois em 2005 – os advogados da Sweetpea levaram à justiça, no último dia 3, um pedido de contra-ação.

Na prática, eles querem se tornar se tornar a acusação do caso, além de pedir restituição por danos e custos com advogados. No último dia 5, uma corte norte-americana determinou que um julgamento acontecerá no dia 24 de maio de 2014 para definir quem ficará com o copyright da marca.

A Sweetpea negociava um longa-metragem com a Warner Bros. Já a Hasbro tentou fechar negócio com a Universal Pictures – ambas temiam ter seus projetos prejudicados por conta do outro.

Semelhanças entre Star Wars e Game of Thrones

As incríveis semelhanças entre Game of Thrones e Star Wars, confira aqui!!

Quarteto Fantástico

O Quarteto Fantástico é uma equipe de super-heróis de histórias em quadrinhos criados durante a década de 1960 por Stan Lee e Jack Kirby.
Segundo a lenda, em 1961, o editor-chefe da Timely Comics (a editora precursora da Marvel), Martin Goodman, estava a jogar uma partida de golfe com o editor rival Jack Liebowitz da DC Comics. Liebowitz contou a Goodman sobre o sucesso que a DC estava a ter recentemente com a Liga da Justiça, um nova série que apresentava uma equipe formada por vários personagens de sucesso da editora.

Baseado nesta conversa, Goodman decidiu que sua companhia deveria começar a publicar a sua própria série sobre uma super-equipe. Lee, que estava prestes a deixar a indústria assim que seu contrato acabasse, associou-se ao desenhista Jack Kirby para produzir uma revista inovadora protagonizada por uma família de super-heróis, Reed Richards (Senhor Fantástico), Sue Storm (Garota Invisível), Ben Grimm (Coisa), e Johnny Storm (Tocha Humana) que eram imperfeitos e consequentemente mais humanos do que qualquer herói publicado à época, dessa forma, tornando-se o standard para a editora ao longo dos anos.

Após a partida de Kirby no início dos anos 1970, a série continuou, no entanto, com resultados menos positivos até que na década de 1980, John Byrne assumiu a série, que voltou a tornar-se popular. Entre as suas contribuições está a modernização da personagem Garota Invisível que passou a se chamar Mulher Invisível, tornando-se um personagem mais auto-confiante redescobrindo toda a potencialidade dos seus poderes tornando-se assim o membro mais poderoso do grupo.

Byrne também levou os personagens por percursos ousados nas suas vidas pessoais, tendo casado Sue Storm e Reed Richards, fazendo com que Sue sofra um aborto espontâneo. Faz também com que o Coisa saia do Quarteto Fantástico e seja substituído provisoriamente pela Mulher-Hulk.

Os super-poderes do Quarteto Fantástico foram obtidos quando um foguete espacial experimental projetado por Reed Richards atravessou uma tempestade de raios cósmicos durante seu voo experimental. Depois da aterrissagem forçada de regresso à Terra, os quatro tripulantes da nave descobriram que se tinham transformado e possuíam novas e bizarras habilidades.

Reed podia esticar seu corpo e assumir qualquer formato. A sua noiva, Susan Storm, ganhou a habilidade de se tornar invisível, vindo posteriormente a desenvolver as habilidades de projetar campos da força e de e de tornar objetos visíveis em invisíveis. O seu irmão mais novo, Johnny Storm, adquiriu o poder de controlar o fogo e, devido à alteração de temperatura do ar à sua volta, poder voar. Por último, o piloto Ben Grimm foi transformado em um monstro rochoso, dotado de força incrível e cuja carne é quase invulnerável. No entanto, Reed culpa-se constantemente desse fato devido à impossibilidade de o Coisa assumir a forma humana e se sentir traumatizado com isso. O Coisa tornou-se uma espécie de figura paternal no meio do grupo, apresentando sempre como contraponto um humor cáustico muito próprio. Ao longo dos tempos transformou-se no personagem mais amado, por ser direto e não ter meias palavras, dizendo diretamente o que pensa.

Os quatro personagens foram moldados inspirados nos clássicos quatro elementos gregos: Terra (Coisa), fogo (Tocha Humana), vento (Mulher Invisível) e água (a “fluidez” do Senhor Fantástico). Estes mesmos quatro elementos inspiraram também uma criação anterior de Jack Kirby, os Desafiadores do Desconhecido.

A equipe de aventureiros, passou a proteger a humanidade, a Terra e o Universo de inúmeras ameaças. Incentivados principalmente pela curiosidade científica de Reed, a equipe explorou o espaço, a zona negativa, o Microverso, outras dimensões e quase cada vale escondido, nação ou civilização perdida do planeta. O Quarteto faz a ponte entre personagens mais “cósmicos” da Marvel, tais como o Surfista Prateado ou o Vigia e os mais “terrestres”, Homem-Aranha e X-Men.

O Quarteto Fantástico já ocupou vários quartéis-generais, o mais notável foi o Edifício Baxter em Nova York. O edifício Baxter foi substituído pelo Four Freedoms Plaza, construído no mesmo local, após a destruição do Edifício Baxter infligida por Kristoff Vernard, filho adoptivo do Doutor Destino, o arqui-inimigo do grupo, tendo o grupo ocupado provisoriamente a Mansão dos Vingadores antes de o Four Freedoms Plaza estar terminado. Também houve o Pier 4, um armazém no litoral de Nova York que serviu de sede provisória após o Four Freedoms Plaza ter sido destruído, devido às ações de outra equipe de super-heróis, os Thunderbolts. Mais recentemente, utilizam um satélite orbital como base.

A revista enfatiza o fato de que o Quarteto, ao contrário da maioria das super-equipes, serem literalmente uma família. Três dos quatro membros são oficialmente parentes, sendo a exceção o Coisa que é um amigo chegado da família. Além deles, os filhos de Reed e Sue Richards, Franklin e Valeria, aparecem regularmente na série.

Ao contrário da maioria dos super-heróis, as identidades do Quarteto Fantástico não são secretas. A parte negativa disso é a vulnerabilidade que o fato confere aos amigos e família. A parte positiva é a simpatia que o Quarteto tem junto a população humana, que admira suas proezas científicas e heróicas.

Sendo uma das principais equipes do Universo Marvel, o Quarteto já teve importante participação em diversas sagas, dentre as quais se destacam a Saga Massacre. Neste conjunto de histórias, o vilão Massacre, formado pelas frustrações de Xavier e as piores aspirações de Magneto, sequestra Franklin Richards, tencionando usar os seus poderes de manipulação da realidade para dominar o mundo. Ele só é impedido graças a ação conjunta do Quarteto e dos Vingadores, que aparentemente se sacrificam, dando início à fase Heróis Renascem.

O rival clássico do Quarteto é o Doutor Destino (Victor Von Doom). Ele é o rei de um país fictício chamado Latvéria e já foi amigo de Reed Richards durante a faculdade. Namor, o príncipe submarino e herói da antiga Marvel nos anos 1940 e 1950, foi relançado como um vilão vingativo, que declara guerra aos humanos da superfície ao responsabilizá-los pela destruição da cidade submarina de Atlantis.

Existem outros inimigos relevantes, vários deles provenientes de realidades ou linhas temporais alternativas. Nessa categoria temos o vilão Kang, o Conquistador que, quando viajou ao passado e utilizou o nome Rama-Tut, influenciou a história do mutante Apocalipse. Também um Reed Richards de um universo paralelo, que se achava culpado pela destruição da sua versão da Terra. Esse Reed dedicou-se a evitar que isso tornasse a acontecer, viajando para outras realidades, matando a sua versão local. Os inimigos alienígenas incluem, entre outros, o Super-Skrull, Terrax, Blastaar e o todo-poderoso Galactus(Devorador de mundos).

Clique e veja os colecionáveis de 4 Fantásticos `a venda na loja !

4 Formas plausíveis de se matar o Wolverine

Algumas possíveis ideias de como se matar um mutante que tem a capacidade de se regenerar de qualquer coisa!!

Blockbuster dos games‏

Infográfico Iron Man

Um incrível infográfico com informações sobre o Iron Man!!! Super Interessante!!

Zombie Story

Somente algumas poucas semelhanças entre o clássico da Disney e a série de zumbis Walking Dead.

Marvel: Crossover Perfeito

Crossover entre os personagens do gibi e das telonas da editora Marvel Comics.

“Dumbledore” americano cria primeira escola para feiticeiros do mundo

Na ficção da série “Harry Potter”, Albus Percival Wulfric Brian Dumbledore é o diretor da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts e fundador da Ordem da Fênix, criada para combater o Lord Voldemort e os seus seguidores, os Comensais da Morte. Isto foi no cinema…
Oberon Zell Raventhart diz ser um Dumbledore da vida real! O americano de 69 anos, radicado em Marin (Califórnia, EUA), criou o que ele chama de a primeira escola para feiticeiros do mundo.

O Dumbledore californiano tem 650 alunos online – com idades que variam de 11 a 75 anos. As matérias ministradas aos aprendizes da magia incluem Artes Obscuras, Tarô, Química e Física Quântica.

Se você é fã de Harry Potter, não deixe de visitar a loja >> Action Figures Harry Potter

Fonte: O Globo

© 2017 GetNuts Figuras de Ação e Colecionáveis. All Rights Reserved. Login

- Designed by Gabfire Themes